Topo
Destaque Notícias Viagens

10 queijarias para visitar no interior paulista

Porque queijos artesanais de boa qualidade não são só os importados ou os de Minas Gerais. Esta é a mensagem do Caminho do queijo artesanal paulista, um projeto recém-lançado, que identificou quais são as queijarias com melhor padrão de qualidade no Estado de São Paulo. Em cada uma delas, é possível provar e comprar uma infinidade de queijos diferentes, fazer um tour guiado, participar de aulas e oficinas e até tomar um café da manhã estilo colonial pela fazenda. Para facilitar, reunimos as informações de cada uma delas abaixo.

mapa_caminho do queijo

1. Capril do Bosque, em Joanópolis
Em uma fazenda a 120 quilômetros de São Paulo, a mestre-queijeira Heloisa Collins produz premiados queijos de cabra, desde 2010. As receitas são feitas com leite fresco do rebanho próprio que é alimentado naturalmente, como o Azul do Bosque (R$ 38), por exemplo, única versão artesanal de queijo azul de cabra do país. Há também destaque para o Cacauzinho, criação de Heloisa, em forma de rolo e maturado com mofos brancos sobre cobertura de cacau e baunilha do Pará. Por lá também há um restaurante à la carte que oferece pratos com os queijos da marca e degustações harmonizadas. Capril_do_Bosque

Onde?
Estrada da Terra Preta (acesso pela saída 2 da Rodovia Fernão Dias e pelo km 16 da Estrada Entre Serras e Águas), Joanópolis (SP)
Horário de atendimento: sex. a dom.,10h às 18h. Contato: (11) 99609-0773 / contato@caprildobosque.com.br
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, tour guiado, degustação de queijos, restaurante temático (apenas sob reserva), receitas harmonizadas, promove aulas e oficinas

2. Estância Silvânia, em Caçapava
Em operação desde 1962, a Estância Silvânia é referência quando o assunto é seleção genética de gado zebuíno leiteiro da raça Gir. Desde 2009, a fazenda também produz leite A2A2, ideal para consumidores alérgicos às beta-caseínas do leite A1. A queijaria produz, ainda, queijos frescal, ricota, muçarela em barra (R$ 35) e em soro (R$ 18), requeijão, leite A, manteiga e creme. Também há planos para uma nova linha de queijos maturados.Estancia_Silvania

Onde?
Estrada Camanducaia, 5.999, Caçapava (SP)

Horário de atendimento: seg. a sáb., 9h às 17h, com agendamento. Contato: (12) 3653-3909 / estanciasilvania@gmail.com
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, tour guiado, degustação de queijos, receitas harmonizadas, promove aulas e oficinas

3. Fazenda Atalaia, em Amparo
Em uma fazenda do século XIX, a queijaria começou sua produção informalmente há mais de 20 anos. Hoje, este é o principal foco da propriedade tocada pelo casal de mestres-queijeiros Rosana e Paulo Rezende. De casca dura, picante, frutado e levemente salgado, o queijo Tulha (R$ 150/kg) já ganhou prêmios. Já o Mogiana é maturado por 120 dias, tem boa acidez, tom alaranjado por conta do uso de urucum na massa e é indicado para receitas quentes. Há também o queijo Mantiqueira, de sabor suave, apresentado em duas versões: com casca maturada com alecrim ou lavada na cerveja Stout, que apresenta maior cremosidade.Atalaia_Queijeiros

Onde?
Rodovia SP 352, km 137,3, Amparo (SP)
Horário de atendimento: seg. a dom., 9h às 17h. Contato: (19) 3807-5545 / compras.fazendaatalaia@gmail.com
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, tour guiado (visita histórica), degustação de queijos, café da manhã, receitas harmonizadas, promove aulas e oficinas

4. Fazenda Dona Carolina, em Porangaba
Há três anos, os proprietários Fernando Borges e Ana Carolina Roberto produzem leite de vacas holandesas. Com inspiração em países da Europa, há seis meses, eles criaram a queijaria. E é claro que na bagagem vieram receitas e macetes de cura que renderam, por exemplo, a criação do Dona Carolina (R$ 97/kg), de massa cremosa e oferecido em três diferentes estágios de maturação (a partir dos 90 dias) – quanto mais maturado, mais marcante. Além dele, há duas receitas de doce de leite cremoso, uma incrementada com baunilha e outra com café. fazenda_dona_carolina

Onde?
Rodovia Castello Branco, km 157 (atrás do condomínio Ninho Verde), Porangaba (SP)
Horário de Atendimento: seg. a dom., das 9h às 17h. Contato: (11) 96020-1111 / heradonacarolina@gmail.com
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, tour guiado, degustação de queijos, almoço temático (com reserva) e receitas harmonizadas

5. Fazenda Santa Helena, em Jacupiranga
Pedro Paulo Delgado chama as búfalas do seu rebanho de “meninas”. Uma história de muito capricho e dedicação que começou em 1998, no Vale do Ribeira, e rendeu, em 2016, um novo laticínio em Jacupiranga, a 233 km da capital. Mas é desde 2013 que a marca criada por ele oferece várias versões curadas, como o Vale do Ribeira (R$ 80/kg), de massa crua, apertada e com um mofo regional na receita, e oferecido em três estágios de maturação: meia cura, mais leve; maturado por 45 dias; e extra curado, com mais de 90 dias, levemente picante.Santa_Helena

Onde?
Estrada Jacupiranga a Eldorado, s/n, Jacupiranga (SP)
Horário de atendimento:  sex., a partir das 12h (com agendamento). Contato: (13) 3822-4044 / contato@laticiniosantahelena.com.br
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, tour guiado, degustação de queijos, promove aulas e oficinas (sempre com agendamento prévio)

6. Fazenda Santa Luzia, em Itapetininga
Fundada em 1976 pela família Breuer, em Itapetininga, a 171 quilômetros de São Paulo, a fazenda reúne 18 tipos de queijos, entre frescos e maturados por até três anos, de leite cru ou pasteurizado. As criações do casal de mestres-queijeiros Maristela Nicolellis e Martin Breuer incluem o Giramundo, “primo” do queijo do Reino, com formato de bola, casca tingida com beterraba e sabor intenso, resultado dos quatro meses da cura. Já o Tropeiro (R$ 65/kg), de massa cozida, é coberto por cinza vegetal durante o processo de maturação para proteger as peças do mofo.Santa_Luzia

Onde?
Av. Comendador Serafino Fileppo, s/n, Itapetininga (SP)
Horário de atendimento:  seg. à qua., das 8h às 17h; de qui a sáb., das 10h às 22h. Contatos: (15) 3273-1565 / (15) 99656-1945 / queijaria@fazendasantaluzia.com.br
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, tour guiado, degustação de queijos, restaurante temático, receitas harmonizadas, promove aulas e oficinas, café da manhã da fazenda

7. Laticínio Artesanal Montezuma, em São João da Boa Vista
Fabio Pimentel quis aproveitar a fazenda da família para criar seu próprio rebanho de búfalas. Com apenas cinco cabeças, começou a fazer queijos em 1997. O que ele não dava conta de consumir, saia para vender, em um Fusca 1973, para as padarias e mercadinhos da região. Hoje, a produção abarca mais de 20 tipos, com boa variedade de muçarelas (nozinho, bastão, manta, flor de leite, burrata, defumada) e outras versões frescas, como ricota.Montezuma_Queijeiros

Onde?
Estrada da Serra da Paulista, km 9, São João da Boa Vista (SP)

Horário de atendimento: seg. a dom., das 7h às 16h. Contato: (19) 99721-8688 / administrativo@laticioniomontezuma.com.br
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, degustação de queijos, café da manhã da fazenda

8. Leiteria Santa Paula, em São José do Rio Pardo
Paula Vergueiro, produtora de leite há 30 anos, cria vacas da raça Girolanda soltas, alimentadas a pasto, sem aplicação de hormônios e com bezerros ao pé das mães. O resultado, claro, é um leite de qualidade, rico em proteína e gordura, que serve de matéria-prima para os queijos de massa fresca que ela prepara. O Fermier (R$ 28) é o xodó da marca porque nasceu por acaso. São bolinhas cremosas, temperadas com azeite, pimenta, salsinha e alho. Outro destaque é o fresco natural (R$ 25), escorrido em tecido permeável – e não em formas convencionais.Santa_Paula

Onde?
Acesso pelo km 257 da SP 350 – Estrada São José do Rio Pardo a Casa Branca.
Horário de atendimento: seg. a sex., das 7h às 17h, e sáb., das 7h  às 12h. Contatos: (19) 99776-8645
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, degustação de queijos, receitas harmonizadas, café da manhã da fazenda

9. Pardinho Artesanal, em Pardinho
A queijaria surgiu há três anos como consequência quase natural da qualidade do leite que a fazenda tinha em mãos. Maturados em caves subterrâneas por até 15 meses, os queijos da marca são preparados com leite cru e unem o fazer artesanal a técnicas modernas. O Cuesta, primeiro entre as outras quatro variedades oferecidas no catálogo fixo, é feito 100% com leite de Gir alimentado a pasto e curado por oito meses – é untuoso, macio e adocicado, com notas amendoadas, baixa acidez e sal na medida. Já a receita do Cuesta azul (R$ 98/kg), suave e levemente salgado, utiliza blends de leites, sempre com no mínimo 50% provenientes de vacas Gir, e mofo azul. pardinho_artesanal

Onde?
Rua Visconde do Rio Branco s/n, Pardinho (SP)
Horário de atendimento: sex., das 14h às 17h. Contato: (14) 3882-8666
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria

10. Queijaria Rima, em Porto Feliz
A Rima é tocada pelo casal Clara e Ricardo Rettmann, com o leite de ovelhas criadas a pasto, em Porto Feliz, a 121 quilômetros da capital. A produção de queijos inclui variedades frescas, iogurte, coalhada seca e doce de leite cremoso, todos sem conservantes e espessantes. Destaque para a versão do boursin francês (R$ 19), que troca o leite de cabra pelo de ovelha no preparo das bolinhas de queijo, temperadas com pimenta-rosa, alecrim e tomilho, e banhadas em azeite.Queijaria_Rima

Onde?
Estrada Municipal para o Bairro Caiacatinga, 13, Porto Feliz (SP)
Horário de atendimento: seg. a sex., das 9h às 16h; sáb. e dom. com hora marcada. Contato: (11) 94108-8818 / (11) 94189-8818 / queijariarima@gmail.com
Encontre por lá: venda de queijos na queijaria, degustação de queijos

Quer comprar queijos pelo mundo? Clique aqui e confira cinco endereços.

Comments

comments

«

»

3 COMMENTS

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Find and Eat no Instagram

  • O prato é o richitelli, a festa é a de São Vito, no Brás, e o sentimento já é de saudade dessa grande celebração italiana que terminou ontem. Isso é Itália, bello! #italianfood #festadesaovito #bras #saopaulo #gastronomiaitaliana #pasta #findandeat #findandeatnobras
  • Na @sto.pao, nos Jardins, o bolo de banana com doce de leite continua irresistível. Mas com esse tempo mais friozinho, fica impossível não provar as sopas: o vichyssoise de coco (foto 2) leva creme de batata com alho poró e leite de coco, o caldinho de feijão com crocante de bacon e couve (foto 3) e o creme de abóbora com inhame, cúrcuma e gengibre. Como ninguém é de ferro, aqueça-se um pouco mais com o Chocolate quente Belga com marshmallows tostados (dá uma espiada no vídeo). #padaria #jardins #findandeat #findandeatnojardins #bakery #stopao
  • Procurando um brunch caprichado para amanhã cedo? O Café do Quilombo, do @quitandarte, em Pinheiros, é servido aos sábados e domingos, das 9h às 15h, por R$ 52. Além de uma mesa enorme (foto 3), há opções como o ovo com fubá suado (foto 2), o biscoito de polvilho frito da hora e essas bananas com mel e canela. Tudo é preparado pela mineira Iara Rodrigues, chef de lá. Não deixe de provar o pão de queijo, é claro! #comidamineira #brunch #cafedamanha #coffeetime #sundaymorning #domingodemanha #pinheiros #findandeatempinheiros #domingo #sabado
  • Niku Yassai do @izakaya.toki. Contra-filé, legumes na manteiga, gochujang para dar aquela picância e gohan, em um bowl bem esperto. Depois dessa segunda visita no almoço, já quero voltar no jantar. #izakaya #pinheiros #nikuyassai #japanesefood #japanfood #findandeat #findandeatempinheiros
  • Sorvete de chicha morada com farofa de castanhas brasileiras e flor de sal, uma das sobremesas do @gaviotorestaurante, em Pinheiros. #chichamorada #icecream #sorvete #instadessert #pinheiros #findandeat #findandeatempinheiros
  • Novidade em Pinheiros, o @bec_bar aposta na bela combinação de cerveja e churrasco. Um dos carros chefes, imitando os tradicionais espetos, o xixo tradiça serve duas pessoas, com miolo de alcatra, copa lombo marinada, linguiça, arroz, farofa e vinagre. #bbqbrasil #bbq #barbecue #churrasco #instabarbecue #churras #findandeat #findandeatempinheiros #pinheiros
  • A partir de hoje, o @redeburgerlab serve sua opção de inverno. O Lab Aligot leva pão brioche, burger 180g e uma camada de aligot, o tradicional purê francês, com queijo Gruyere e Minas Padrão. Em todas as unidades, por tempo limitado. Na foto, nosso pedido que chegou pelo delivery. #hamburguerartesanal #burger #burguer #hamburguer #instaburger #findandeat
  • No Bistecca, novo restaurante de carnes do @eatalybr, comece sem medo pela carne cruda tartufata, que leva um delicioso tempero de flor de sal, pimenta do reino, trufa negra e grana padano. #eataly #eatalysp #carnecruda #tartare #meat #findandeat #findandeatnoitaim #itaimbibi