Topo
Reviews

Basilicata tem pratos que fazem a visita ao Bixiga valer a pena

Depois de nove meses de reforma, a centenária Basilicata abriu as portas de seu novo endereço, um prédio ao lado do anterior em que, por 103 anos, a padaria vendeu seus pães italianos, antepastos e embutidos – que sardela! Agora, além do empório, da padaria e de um café, que funcionam no primeiro piso, há um restaurante, comandado pelo jovem chef Rafael Lorenti, quinta geração da família.

Basilicata_03

Basilicata_02

O café, que funciona ao lado do balcão da padaria (foto), é um espaço para se sentar, tomar uma tranquila xícara de café e mordiscar um cannoli ou mesmo uma zeppola de São José, à venda o ano todo. Há também várias opções de ciabattas, com recheios como o de parma, muçarela de búfala, tomate e rúcula (R$ 29,90 – foto) e o mais vendido, de porchetta com pesto fresco (R$ 28,50).

Basilicata_01

Panini

Mas é no segundo andar que funciona a novidade: o restaurante de 90 lugares (foto), em estilo rústico chique, onde Rafael serve comida italiana simples e descomplicada. Mas não espere uma réplica de algumas cantinas do bairro com seus rodízios de massas prontas. Amplo, o cardápio é dividido em entradas, saladas, massas, carnes e doces.

Basilicata_Restaurante

Honrando a tradição da padaria, de entrada, há brusquetas como a vegetariana bufala (R$ 15), com tomate, queijo de búfala, azeite e manjericão, a alici (R$ 21), com alici, creme de mascarpone e lardo, e a capra (R$ 19), com queijo de cabra, cebola roxa caramelizada e azeite trufado. Há também a paline lucana (R$ 21), porpetinhas com cebola caramelizada no molho de tomate fresco.

Há, ainda, oito opções de massas. Três delas são preparadas na casa: o fusilli ao molho de tomate e molica (R$ 49), a maltagliata com fava e pancetta (R$ 42) e o ravioli de muçarela de búfala ao molho de tomate (R$ 41). Mas chega muito cremoso o spaghetti carbonara com pancetta (R$ 55 – foto). Ao contrário da senhora da mesa ao lado, que pediu para a simpática garçonete trocar seu prato porque estaria amargo, o nosso chegou tinindo. Poderia estar um pouco mais al dente. Mas sei que isso é preferência de italianos e não de brasileiros.

Carbonara

Entre as carnes, provamos o galletto m’buttunato (R$ 63), um galeto recheado com cogumelos e acompanhado por pedaços de polenta frita. Mas ainda volto para provar outras pedidas, como o bacalhau da família (R$ 79) ou mesmo o filé mignon com molho funghi (R$ 75). Um pouco mais a cara da “nonna”, o fígado de boi com renda suína acompanha salada mista com brusqueta de alho e sai por R$ 59.

Para as mesas grandes, há opções para compartilhar entre três a quatro pessoas, como o stinco di vitello (R$ 325), que leva batata com pancetta e salvia, ervilhas assadas, purê de grão de bico, e a porchetta (R$ 310), com purê de limão siciliano, abóbora, cebolas, frutas grelhadas e pesto fresco.

Para finalizar, há clássicos como o tiramisù (R$ 28) e o cannoli siciliano (R$ 14), na foto, sob a ótica do chef.

Ao descer, passe pela padaria e peça o pão recheado de linguiça e queijo (R$ 28 – foto) e com pitadas de erva-doce. As sardelas (foto), como falei no início, são fantásticas para acompanhar um pedaço de pão italiano. É fácil garantir a janta ou o lanche da tarde em família: “pode embrulhar tudo pra viagem?”.

Sardelas

paorecheadobasilicata

Justiça seja feita, o cardápio também está recheado de drinques clássicos e autorais, sob responsabilidade do ex-Riviera, Paulo Alvarenga.

Comments

comments

«

»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Find and Eat no Instagram

  • Até dia 28/4, o @juirestaurante, esse restaurantão de inspiração asiática fora do eixo gastronômico tradicional, serve um super menu de aniversário. Nele estão o delicioso tartar de carne bovina, o ikan kelapa, que mistura peixe do dia com um delicioso molho de coco, e o chilli bee hoon, de macarrão bifum, barriga de porco e muito temperinho do bom. Mas é claro que não deu para pular esse bolovo que é de chorar e que eu pedi pra repetir 🙈#asiaticfood #findandeat #findandeatnachacarasantoantonio #santoamaro
  • Um prato clássico no clássico @restaurantefreddy. Strogonoff assim não tem erro. #strogonoff #freddy #findandeat #findandeatnoitaim
  • Se você é fã de ceviche, precisa provar o ceviche mixto da @qchicha_cevicheria, na Vila Madalena. #ceviche #findandeat #findandeatnavilamadalena #cevicheria
  • Que delícia esse peruano bem no meio da Vila Madalena. O polvinho macio, suculento e com legumes salteados é pedido obrigatório no @qchicha_cevicheria. Vai na minha! #findandeat #findandeatnavilamadalena #vilamadalena #polvo
  • Que o Mercadão de São Paulo tem várias iguarias para além do pão com mortadela, nós já sabíamos. Mas que por lá você come esse delicioso pastrami do @oreidopastrami, isso é novidade😋 #findandeat #findandeatnocentrodesp #mercadomunicipaldesaopaulo #pastrami
  • Tem novidades no menu do brunch do @camdengastropub. Mas como não pedir os deliciosos ovos benedict que a casa serve? Sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. #brunch #itaimbibi #findandeatnoitaim #ovosbenedict
  • Isso, sim, é Ovo de Páscoa. Opção de brownie com brigadeiro da @dultier. #ovodepascoa #instachocolate #chocolate #dultier
  • Dos mesmos donos do @restauranteabelasintra, o @chiadobarerestaurante serve várias opções de bacalhau, talvez os pratos mais famosos do menu. Mas não resisti ao delicioso arroz de pato 😋 #findandeat #moema #findandeatemmoema #arrozdepato