Topo
Reviews Viagens

Nova York: cinco lugares para comer como um local

Por Mayara Abreu Mendes*

Nova York é conhecida por ser a megalópole da diversidade cultural. Pelas ruas e avenidas de números, é possível encontrar um pedacinho de cada lugar do mundo para conhecer. É na Big Apple também que se encontram cenários conhecidos de quem é fanático por filmes e séries, com pontos turísticos que devem ser vistos por quem é visitante de primeira viagem. Do Memorial 11 de Setembro ao Central Park, passando por prédios de vistas inesquecíveis, como Empire State Building e Rockfeller Center, pelos infinitos museus, praças e parques, são infinitas as opções para dar aquela famosa turistada. Mas para quem assim como eu gosta de mesclar os passeios turísticos com experiências locais, ficam aqui cinco dicas para fugir da muvuca e das filas de lugares como Carlo’s Bakery, Daniel e Artichoke Basille’s Pizza e ainda assim comer muito bem.NYC

1. Public
A lista de restaurantes com estrela Michelin é bem longa. Os de duas e três estrelas têm um preço mais salgado do que normalmente cabe no nosso bolso – ainda mais com o dólar nas alturas. Mas dentre as opções de uma estrela que valem a pena, a dica é esse restaurante de cozinha americana contemporânea. Ele fica no bairro de Nolita, um trechinho entre NoHo e a Little Italy, em um ambiente discreto por fora e intimista e descolado por dentro. Os drinks são fortes e encorpados: cuidado com a empolgação alcoólica, principalmente se estiver sentado no balcão do bar, onde a mágica acontece. O cardápio é enxuto, mas de excelente qualidade. Como fiz reserva com antecedência, ganhei um amuse bouche do chef: uma entradinha criada especialmente pra mim, fora do cardápio. De principal, escolhi o peito de pato assado com repolho chinês cozido, chips de mandioca com molho de soja especial temperado com linhaças (foto). A suculência do pato vem à boca só de lembrar, mas a experiência completa é valiosa demais. O brunch de lá é super famoso e farto em opções. Vai ficar pra próxima!PUBLIC1

PUBLIC2

Onde?
210 Elizabeth Street, Nolita, New York. Tel: +1 (212) 343-7011

2. Noodies Thai Kitchen
O Hell’s Kitchen é um bairro bem local e recheado de opções diversas de estabelecimentos gastronômicos. Nas ruas, veem-se casas de todas as culinárias orientais, mexicanas e até um restaurante especializado em receitas com almôndega. Fui na opção que vi no blog da Amanda Viaja, que deve ser o tailandês mais em conta de toda Nova York. No almoço, você só precisa pedir o prato principal e vem de graça uma saladinha e mais uma entrada que dá para escolher (dentre as pedidas, tinha até rolinho de shimeji). O preço é bem camarada e as porções são fartas. Pedi esse macarrão de arroz com camarão, lula, repolho chinês, bolinho de camarão, shimeji branco, tofu e um molho de tomate apimentado (foto) que me custou USD 12,95 e me deixou mais do que satisfeita por horas.

Noddies2

Noddies1

Onde?
830 9th Ave, Hell’s Kitchen, New York. Tel: +1 (646) 669-7828

3. Nathan’s Famous
Escapada típica dos nova-iorquinos de Manhattan na primavera e no verão, a praia de Coney Island, no Brooklyn, vira uma grande festa durante esses seis meses. Com parques de diversão abertos e a vista do mar, o deck que beira a praia lota de turistas locais caminhando ou comendo em um dos muitos estabelecimentos que o cercam. Para quem tem uma viagem um pouco mais longa, a parada deveria ser obrigatória. Lá, os nova-iorquinos ficam felizes e sorridentes, com biquínis e calções de praia. Vale pela experiência de ver gringos na praia (e de estar em praia gringa também) e de poder visitar parques de diversão. Para coroar a mini-viagem (são 28 estações de metrô de Midtown, por exemplo), é em Coney Island que ficam os primeiros restaurantes Nathan’s Famous, fundados em 1916 e conhecidos por serem a casa dos melhores hot dogs da cidade. Eles até têm carrinhos de rua espalhados pela cidade e algumas franquias no mundo, mas nada como comer no primeiro. A salsicha é bem saborosa, com gostinho de artesanal.

Nathans2

Nathans1

Onde?
1205 Boardwalk, Coney Island, Brooklyn. Tel: + 1 (718) 714-7207

4. Pasta Wiz
Que cada hora abre um restaurante novo a cada esquina em Nova York a gente já sabe. Se você, assim como eu, acompanha muitos sites internacionais – como BuzzFeed, TimeOut e Hello Giggles – nas redes sociais, então você deve ter ouvido falar de um restaurante, no Brooklyn, com o tema do filme Harry Potter. Foi a paixão pela série de livros que me levou até lá, mas o que chamou a atenção dos nova-iorquinos depois que visitaram a casa foi a rapidez com que as massas ficam prontas. Eles prometem – e cumprem – que entregam o prato em até cinco minutos. A decoração da casa realmente remete ao universo bruxo, com livros, chapéus, vassouras e lustres que fazem a gente lembrar de Hogwarts. Mas a magia acontece na cozinha, com equipamentos de última tecnologia que substituem fogões e aquecem o oléo para dourar alho e cebola em menos de 10 segundos. As massas são artesanais e os ingredientes usados para acompanhamento e molho são orgânicos. Além de algumas receitas criadas por eles, como a que leva o nome da casa (fettuccine com alho, cebola, cogumelo, azeitona, brócolis, espinafre e tomate com molho pesto e pecorino ralado), também é possível montar sua própria pasta.

PastaWiz1

PastaWiz2

Onde?
60 N 1st Street. Williamsburg, Brooklyn. Tel: +1 (718) 387-1416

5. Luke’s Lobster
Escondido atrás da Times Square e no meio do Theatre District, com os principais teatros da Broadway, um mercado chamado City Kitchen abriu as portas ao lado do Row Hotel. Tão perto de lugares onde circulam milhares de turistas todos os dias, o mercado com restaurantes fixos – uma tendência forte e crescente da cidade – é frequentado por locais que fogem das casas cheias ao redor. Por lá, as filas até chegam a se formar em horários de pico, mas é tudo bem rápido e prático. São sete estabelecimentos que oferecem, entre outras pedidas, comida japonesa, os clássicos donuts e hambúrgueres. Lá também inaugurou uma unidade do Luke’s Lobster, casa em que se destacam os sanduíches de frutos do mar. No pão bem torradinho, camarão, carne de siri e, claro, lagosta são opções de recheio. Os sanduíches podem também ir em combo com chips assados de batata e refrigerantes artesanais. Peça, pra nunca mais esquecer, o refrigerante de mirtillo.

LukesLobster1

LukesLobster2

Onde?
700 8th Avenue, Midtown West. Tel: +1 (917) 338-0928

 

Bonus track: comidas de rua
A coisa mais local que se pode fazer é comer, em qualquer refeição, em um dos carrinhos de rua. No café da manhã, cafés, bagels e donuts de diferentes estilos tomam as ruas. Mais perto do almoço, eles vão dando lugar aos carrinhos de comidas étnicas, cachorros quentes, pizza, hambúrguer… No período da tarde, o cheiro de pipoca e a musiquinha do caminhão de sorvete dominam as ruas, principalmente nos bairros mais afastados da zona turística. À noite, a variedade do almoço retorna. A maravilha de comer nos carrinhos é que você paga um preço bem justo pela comida e pode continuar turistando da melhor forma possível, que é andando. Na foto, meu bagel multigrãos com manteiga que me custou um (eu disse UM) dólar com o Empire State Building de fundo.

Bagel

 

 

mayara

 

Mayara é jornalista pelo diploma e foodie pelo coração. A paixão pela comida é tanta que, quando não trabalha com comunicação e gastronomia, está atrás do fogão cozinhando, no celular procurando um restaurante para visitar ou com a câmera na mão para fazer um post no O Que Tem na Caixa. Nas horas vagas, junta o signo sagitário com a lua em virgem para planejar novas viagens e roteiros e, assim, conhecer o mundo.

Comments

comments

«

»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Find and Eat no Instagram

  • Suas definições de pururuca foram atualizadas. Essa aqui é uma entradinha do novo @casa_petropolis, que acaba de abrir as portas no centrinho de Campos do Jordão. O menu é todo assinado pelo competente @marioportellamg. Peça também a costela de 12 horas e o arroz caldoso. #findandeat #camposdojordao #casapetropolis
  • Sabe aquele paraíso para passar o fim de semana? A @fazendasantavitoria reúne o melhor sossego e a melhor gastronomia para isso. Ovos, leite e saladas do quintal, geleias artesanais e cordeiro dos pequenos produtores vizinhos, além de conforto e clima de casa de vovó. Essa é a receita. Corre para os Stories para ver tudo completo. #findandeat #queluz #fazendasantavitoria
  • Zé Burger duplo - porque miséria pouca é bobagem no @zedohamburger. Mas antes, uma porção de batata do Zé Junior, que serve duas pessoas fartamente. Arrasta pro lado para ver que bacana essa mesa onde comemos nessa tradicional hamburgueria de Perdizes. #findandeat #findandeatemperdizes #perdizes
  • Última chamada para provar o menu especial de ovos do @cantalouprestaurante, que vai até amanhã (7). Na foto, o perfeito ravióli de ricota com gema mole ao molho de salsa de trufa. #italianfood #ravioli #cantalouprestaurante
  • Pelas fibras, pode até lembrar um mil folhas. Mas, na verdade, é o miolo da fraldinha Black Angus da @bbqfarmsteakhouse, última novidade na Rua dos Pinheiros. Para acompanhar, pedi o cremoso Aligot. Nos Stories, você conhece também uma das opções do Executivo, servido nos almoços em dias de semana, com valores de R$ 39 a R$ 59, dependendo do corte. Aproveita e marca aqui aquele amigo que ama carne e precisa levar você para almoçar lá 😋 #findandeat #findandeatempinheiros #bbqbrasil #barbecue #pinheirossp
  • Arroz de polvo, camarão e conchas. O nome de uma saudade do @lollameetsfire. Preciso voltar logo nesse paraíso 🐙 #findandeat #findandeatnoitaim #itaimbibi #arrozdepolvo
  • Sim, o Itaim tem um novo japa para chamar de seu. No Huto Kohi, filial do estrelado Huto (@grupo_huto), é possível provar pratos exclusivos da unidade, mas também alguns clássicos da casa-mãe, que já beira os 12 anos de operação em Moema. A experiência é irretocável, mesmo em um sábado de alta demanda.

Nas fotos:
1. Tuna wakamê: atum, chips e purê de cará com wasabi.

2. Nametakê: cogumelos e broto de bambu.

3. Harumaki de ebi e hotategai: rolinho primavera com vieira e camarão.

4. Lichia foie gras: lichias recheadas com foie gras no molho de shiitake.

Sente-se no balcão. Finalize com o pétit gâteau de doce de leite.

Nossa experiência completa por lá está nos Destaques do Instagram. Arigatô!

#findandeat #findandeatnoitaim
  • E não é que o almoço de hoje rendeu um polvo pra não esquecer mais? A versão do @vierosecelebrar é acompanhada por deliciosas abóboras em diferentes texturas. O menu completo está nos Stories. Vale conhecer! #findandeat #findandeatempinheiros #gastronomiasp