Topo
Reviews Viagens

Porto: um restaurante, uma atração

Por Bárbara Veríssimo*

Quando pensamos em Portugal, é certo que uma palavrinha vem à cabeça: bacalhau. Mas eis que eu, ao mudar para a cidade do Porto, no norte do país, percebi que ao mesmo tempo em que os portugueses mantém a paixão por seus pratos tradicionais, como o arroz de pato, os mil tipos de bacalhau, o cozido à Portuguesa, a chanfana, a francesinha, entre tantos outros, o país também abriu-se para o novo e passa a receber cada vez mais opções gastronômicas de todo o lado. E o melhor, os restaurantes passaram a adaptar os pratos típicos, mantendo o sabor e o toque português, e inserindo uma mistura de outras culturas e tradições.

Agora, após pouco mais de um ano “a viver por cá”, já tenho como defender meus restaurantes favoritos, e o melhor de tudo, que para mim é fundamental, indicar a melhor combinação entre restaurante e atração local. Pra mim, sempre quando viajo, a aventura gastronômica começa já no bairro onde estou e o que ele oferece. Embora a cidade toda esteja passando há alguns anos por um boom turístico, essas dicas são uma tentativa de mostrar boas opções para fugir da confusão turística, com qualidade em gastronomia, mas ainda assim, provar o que há de melhor do Porto. Ah, e sem ferir o seu bolso, garanto!

Bom apetite!

A vista das mesas ao ar livre do Bacalhau Wine and Food

A vista das mesas ao ar livre do Bacalhau Wine and Food

1. Bacalhau – Portuguese wine and food: Bacalhau dourado e a zona da Ribeira
Este restaurante fica na região mais clichê possível do Porto, bem ao fundo do muro dos Bacalhoeiros, à beira do rio Douro e na zona da Ribeira, porém, consegue ainda manter-se longe da muvuca de turistas. É uma combinação incrível de ambiente, comida e excelente carta de vinhos portugueses.

A dica aqui é o bacalhau dourado. Embora eles tenham mais dois outros pratos do peixe, este é o meu favorito. O bacalhau dourado é um prato muito comum em Portugal, mas aqui, eles seguem com uma releitura que vale a pena. Vamos lá, o prato é basicamente bacalhau fresco e batata (fatiada e assada, ao contrário do normal para o prato, que seria frita), com um polme estaladiço (uma crosta envolta do bacalhau que faz as honras de uma mistura de milanesa bem leve com uma proposta de katsu, a massinha japonesa) e ovos. É simplesmente incrível! E é neste restaurante que trago sempre todos os amigos que visitam a cidade, pois a zona da Ribeira é muito próxima e, afinal, é o grande cartão postal da cidade. Complete a experiência pedindo o couvert, com três tipos de pães, tábua de queijos locais (Ilha, Serra, Amarelo e misto de cabra e ovelha) e enchidos, que nada mais são do que salpicão com chouriço de carne, mas muito saboroso.

O Bacalhau – Portuguese wine and food é uma experiência para o final de tarde e início da noite. Vá ao passeio clássico pela Ribeira do Porto, caminhe pelas ruelas e depois sente em uma das mesinhas ao ar livre. A vista é incrível e acompanhada por um bom vinho, fica inesquecível.

O delicioso prato de bacalhau dourado, do Bacalhau Wine and Food

O delicioso prato de bacalhau dourado, do Bacalhau Wine and Food (Foto: divulgação)

Onde?
Muro dos Bacalhoeiros, 153-155, Porto > T. (351) 22 201 0521/ 960 378 88311 > seg-dom 12h-22h > €27,50 (preço médio). Não aceita reservas. Oferece almoço e jantar.

 

2. Cuore di Pasta: Risoto de alheira com concerto na Casa da Música

A região da Boavista é uma parte muito urbana da cidade do Porto. É aqui onde estão muitos dos escritórios de grandes empresas e muita coisa acontece ao redor da rotunda da Boavista. E é exatamente em uma das travessas dessa praça que fica o Cuore di Pasta.

O ambiente em si é muito agradável, mas o que encanta mesmo são as opções de massas frescas, pizzas e risotos, feitos na sua frente, em uma cozinha toda aberta e apenas rodeada por vidros. Tudo é feito por lá, a massa, os temperos. O ambiente é convidativo a reunir os amigos ou a família para um jantar meio português, meio italiano. E minha sugestão de prato é exatamente esta mistura. O risoto de alheira tem nos grãos do arroz seu lado italiano, mas na alheira, tipicamente portuguesa, toda a mistura de carnes da região. A alheira nada mais é que um enchido de carnes de aves, pão, azeite, alho, enfim, uma mistura deliciosa. E, então, aparece para nós com um aspecto como que de uma linguiça. E a mistura da iguaria com o risoto fica sensacional. E no Cuore, não é mesmo preciso se preocupar com gastos, come-se muito por pouco.

Depois, para um jantar cedo, vale aproveitar para caminhar pela região e terminar com um concerto na Casa da Música. A construção do local em si surpreende, pois é moderna e destaca-se em meio às outras antigas. Uma bela arquitetura e um bom local para ouvir música clássica, um fado de qualidade ou até um show de algum cantor de jazz americano. São várias salas e valores. Para ver a programação acesse aqui.

Risotto de alheira do Cuore di Pasta (Foto: Bruno Nacarato)

Risoto de alheira do Cuore di Pasta (Foto: Bruno Nacarato)

Onde?
Rua Julio Dinis – Praceta Eng. Amaro da Costa, Porto > T. (351) 918 766 888 > seg (apenas almoço) ter-dom 9h-23h > €10 (preço médio) > Oferece café da manhã, almoço, lanche e jantar

 

3. Pimenta Rosa: Bolo de chocolate e a rua de Miguel Bombarda

Um clássico da cidade, o Pimenta Rosa, à primeira vista, lembra bem um café, de tão bonitinho e aconchegante. Fora o terraço que, com sol, é uma delícia. Mas, depois que você entra, percebe que eles oferecem um pouco de tudo. Nos almoços, um buffet completo com uma grande variedade de pratos.

No entanto, a ida ao Pimenta Rosa, se não for a hora do almoço, é o lanche. Prepare-se para comer um dos melhores empadões e de quebra, depois, o melhor bolo de chocolate do Porto. Sim, eles têm a fama que ganharam com os quase 10 anos de Casa e tradição na zona, e merecem. Sabe um bolo leve, mas fofinho, úmido, cheio de calda de chocolate pelos lados? Fora o tamanho da fatia: é enorme! Por isso, se estiver viajando com algum amigo, já sabe, dois cafés e dividam a fatia.

Para fechar a visita ao Pimenta, o restaurante fica numa região muito cultural da cidade, bem no centro do Porto. A rua de Miguel Bombarda é a conhecida área das galerias de arte, das lojas diferentonas, de designers da moda. E tudo concentrado por lá. Se você gosta de ilustrações, arte, cultura contemporânea, vá a este modelo portuense da Rua Augusta em São Paulo. Não é certo comparar, mas assim já tem uma noção do que há de diferente por lá.

O melhor bolo de chocolate do Porto, no Pimenta Rosa (Foto: Bruno Nacarato)

O melhor bolo de chocolate do Porto, no Pimenta Rosa (Foto: Bruno Nacarato)

Onde?
Rua de Miguel Bombarda, 285 – Porto > T. (351) 933 662 289> seg-sáb 11h-19h > €7 (preço médio)  > Oferece café da manhã, almoço e lanche.

 

4. O Gaveto: Sapateira recheada com caminhada pela orla da praia de Matosinhos

Desde 1983, o restaurante O Gaveto é uma tradição em peixes frescos, mariscos e pratos de frutos do mar, como toda a região de Matosinhos. O grande diferencial daqui é que o ambiente é muito autêntico, assim como o sabor de sua comida. Você realmente se sente como uma família portuguesa no almoço de domingo, mesmo que seja uma segunda-feira.

Minha sugestão de prato é a Sapateira recheada. Prato típico português, a sapateira é uma opção de entrada, basicamente um caranguejo muito grande e seu interior é misturado a outros ingredientes, como pimentões, pimentas, cerveja e outros temperos da casa, e assim viram uma pasta, para ser degustada com torradas. É simplesmente divino, ainda mais porque há um tanque com todos os caranguejos vivos para sua escolha, ou seja, é fresco mesmo. Para acompanhar, uma taça de vinho branco e pronto! E talvez uma segunda entrada, as ameijoas à Bulhão Pato. Depois, sinta-se à vontade para se perder no cardápio desse restaurante quase à beira-mar. Ao longo de tantos anos, sua tradição fez com que eles não oferecessem um só prato de frutos do mar e peixes que não valha a pena, então abra o menu e siga sua intuição.

Para terminar, não esqueça de cumprimentar o Senhor Manoel, proprietário e uma simpatia de pessoa, que fundou e garante ao Gaveto, até hoje, ares de aconchego de um abraço de uma vovó portuguesa. Ainda na região, Matosinhos é mar e praia, vento, calçadão e cafeterias. Se é fã de natureza urbana, caminhe pela orla da praia após o almoço e termine com uma garrafa de vinho no fim de tarde do Parque da Cidade.

Sapateira recheada do restaurante O Gaveto (Foto: divulgação)

Sapateira recheada do restaurante O Gaveto

Onde?
Rua Roberto Ivens, 826, Matosinhos > T. (351) 22 937 8796 > seg-dom 12h-1h > €30 (preço médio)  > Oferece almoço e jantar.

 

babi

 

*Bárbara se considera uma cidadã do mundo. Sabe aquele tipo de pessoa que não fez uma poupança parruda porque gastou tudo em viagens? Então, é isso! Lugares e pessoas são seus bens mais valiosos. E hoje, lá se foram mais de 40 países, um bom número de cidades, personagens e amigos incríveis, experiências que mudaram sua vida… Entre viagens e comidas, Bárbara é jornalista e trabalha com Comunicação Corporativa. Apesar de hoje morar em Porto, já viveu em Santos, Sydney, São Paulo, Barcelona e Los Angeles.

Comments

comments

«

»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Find and Eat no Instagram

  • Melhor forma de encerrar no @mondopane. Cheesecake de pistache com sorvete de chocolate. #findandeat #findandeatnojardins #italianfood #cheesecake
  • @mondopane é a nova casa do @chef_loisalvatoreoficial_ e @lalozanini, no Jardins. O menu traz clássicos como a lasanha do Loi, mas também belos sanduíches como este, com atum fresco, muçarela e ervas. Ainda, há algumas opções de pães que você pode comprar e levar para comer em casa.  #findandeat #findandeatnojardins #mondopane #italianfood #sandwich
  • Já conhece o novo point da Vila Nova Conceição? Mal chegou e o grego @mythorestobar já está bombado. O polvo braseado com mil folhas de batatas e farofa crocante chega no melhor ponto. Ainda volto para provar a moussaká, que fiquei só reparando quando chegou na mesa ao lado 😋 #findandeat #findandeatnavilanovaconceicao #vilanovaconceicao #mythorestobar #octopus
  • Essa maravilha da @toasty.s2, um achado de confeitaria em uma ruela bem discreta na Vila Madalena, leva geleia de cereja frescas e creme de baunilha com crocante de brownie. Está a sua espera em pedaços (R$ 18) ou inteiro (R$ 150). Para o natal, as encomendas vão até 22/12. Dá uma reparada no brilho da geleia, no recheio. #findandeat #findandeatnavilamadalena #chocolatecake #bolodechocolate
  • Além das tradicionais eclairs e dos deliciosos suspiros coloridos, este ano, a @eclairmoi traz dois bolos muito tradicionais para os presentes de fim de ano. Além de uma nova versão de Red Velvet (R$ 118/kg) há o apetitoso Floresta Negra R$ 95/kg), que vem beeeem farto de cerejas. #eclairmoi #findandeat #findandeatnojardins #bolodechocolate
  • Hoje, fiquei bastante impressionado com o cuidado com que @rafahidaka conduz a criação e execução dos pratos da @tartuferiagiapponese, que mescla aspectos, ingredientes e preparos das culinárias japonesa e italiana. Há várias boas pedidas no vasto menu da casa - veja nos Stories. Não resisti ao polvo grelhado ao molho teriyaki, com purê de batata e kará, espuma de queijo e farofa. #tartuferia #tartuferiagiapponese #findandeat #findandeatnojardins
  • Quer se sentir na Itália? Peça esta sobremesa no restaurante da @basilicatapaoitaliano, no Bixiga. @rafa_lorenti, chef da casa, acaba de trazer novidades ao menu, entre elas, este cone de sfogiatella, um cone grande (na foto pode não parece tanto, mas é) com sorvete de fiori di late, compota de figos e avelãs. O sabor é inenarrável 😍. #italianfood #bixiga #findandeat #findandeatnobixiga
  • A casa do talentoso @jeogodoy, o @animacozinha, no Itaim, tem novo menu executivo. Inclusive, um dos melhores custo-benefício desta cidade. Por R$ 55, você prova entrada, principal e sobremesa. Destaque para esse imponente arroz de polvo. Para provar seu já famoso arroz de pato, só mesmo no menu do jantar. #findandeat #findandeatnoitaim #arrozdepolvo #menuexecutivo