Topo
Reviews

Desde 2002, Farabbud conquista com alma sírio-libanesa

O empresário Paulo Abbud é um homem visionário. É claro que a lida no ramo da culinária árabe tem contribuição e herança genética, já que sua família fundou, na década de 50, o restaurante Flamingo Lanches, na Rua Augusta. Mas foi sua determinação que fez São Paulo ver a gastronomia síria deslanchar. O resultado é que, hoje, sua família está à frente das principais casas árabes da cidade. Além de Paulo no Farabbud, seus filhos tocam os renomados Manish e Saj, além do Randa, em um complexo empresarial no Morumbi.

Para o Farabbud, em Moema, Paulo uniu as receitas dos pais e da avó a um clima de bistrô. Entre kaftas, kibes e esfirras, jamais pule as entradas com pão sírio (R$ 9) e pão saj (R$ 9), feitos na casa e temperados com zátar.Farabbud

Entre as especialidades da casa, prove o Primo (R$ 31 – foto), que são charutos de couve-manteiga recheados com arroz, grã0-de-bico, tomate e especiarias. Pode parecer um charuto, mas é, de fato, um banquete de sabores.farabbud - primo

Famoso, o beirute Farabbud (R$ 39) é receita dos tios de Paulo e leva presunto magro, baby beef picado e assado na chapa, tomate, muçarela e zátar. Vale a pedida.

beirute_farabbud_créditos Rogério Voltan

Para fechar, além dos doces clássicos (R$ 10 cada) como os folhados e também o Malabie (R$ 18), um manjar branco feito com misky e geleia de pedaços de damasco, prove o mini chocolamour (R$ 19), que vem com uma bela farofa doce, calda de chocolate e chantili.

Comments

comments

«

»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Find and Eat no Instagram

Instagram did not return a 200.